XenServer 6.5 Instalação via Usb

Olá a todos, hoje estive preparando um servidor Dell R720 para virtualização, com 8 discos SAS de 300G a 15KRPM, e me vi diante de um empasse… Como instalar o Xen Server pela usb ( minha gravadora de dvd está com defeito e não tenho discos à disposição ), bem, eis que tentei pelo tutorial no site da própria Citrix ( tutorial aqui) mas o mesmo parece que só funciona na versão antiga 6.2, eis que acho o Rufus, que foi quem salvou o dia.

 

Selecionei o pendrive, todas as opções no padrão, alterei apenas a Criar disco botável com, que vem como freedos, alterei para ISO e selecionei a iso do xen server 6.5.

E é isso, simples e pratico o Rufus resolveu meu problema. Fica a dica.

Linux Gráficos Alteranáveis

Olá a todos, tenho um  Dell Inspiron 15R SE, com essa maravilha de gráficos alternáveis….. ou seja, tenho uma placa de vídeo dedicada que fica desligada -_-. Estou usando o driver padrão opensource que vem com o Fedora 23, não instalei o driver proprietário pois não quero dor de cabeça de ficar no prego a cada update de kernel.

Ati Nvidia
Ati Nvidia

Para saber se o kernel da sua distribuição tem suporte aos gráficos alternáveis, basta executar o seguinte comando como root:

cat /sys/kernel/debug/vgaswitcheroo/switch

Continue lendo “Linux Gráficos Alteranáveis”

Remoção Worm Skynet de equipametnos Ubiquit

Olá a todos, os equipamento da Ubiquit com versão antigas ( antes da 5.5 ) tem uma vulnerabilidade que permite a infecção por um worm chamado de Skynet.

Skynet
Skynet

Uma vez infectado o equipamento, o worm tentará se replicar para outros equipamentos ao alcance podendo comprometer toda sua rede. Além disso, o equipamento infectado fica gerando trafego para fora da rede, consumindo toda a banda disponível deixando seu cliente praticamente sem internet.

Continue lendo “Remoção Worm Skynet de equipametnos Ubiquit”

Google Chrome Lentidão ao Digitar

Olá a todos, se assim como eu, o Google Chrome é seu navegador padrão, de uns tempos pra cá venho sofrendo com uma lentidão insuportável ao digitar. Em momentos parece que sempre a ultima tecla fica no buffer do navegador, não aparecendo nos campos de texto, ou o próprio cursor não estando visível….. bem, finalmente achei um fix. Aparentemente é alguma intriga entre o chrome e os drivers de vídeo ( aqui utilizo intel integrado no meu core i7 ), ou com o gerenciador de janelas…. Bem, vamos ao que resolveu meu problema aqui, editei o lancher do chrome em

/usr/share/applications/google-chrome.desktop

Procure a linha que começa com Exec=, ela deve estar da seguinte forma por padrão:

Exec=/usr/bin/google-chrome-stable %U

adicione a opção –disable-accelerated-compositing ao fim desta linha, ficando da seguinte maneira:

 

Exec=/usr/bin/google-chrome-stable %U  --disable-accelerated compositing

Lembrando que para editar este arquivo é necessário estar logado como root ou utilizar sudo. Ex: sudo gedit /usr/share/applications/google-chrome.desktop. Após salvar o arquivo execute update-desktop-database para atualizar a database de lanchers, e reinicie o navegador.

 

Netbeans e o Master Password Dialog

Olá a todos, de uns tempos pra cá o netbeans começou a torrar minha paciência sempre que eu tentava sincronizar meus projetos com o servidor remoto, ou acessar alguma conexão de banco de dados, enfim, qualquer ação que requeresse acesso a senhas salvas, o netbeans me apresentava a odiosa tela do master password…. Simplesmente porque ele não estava conseguindo utilizar a encriptação do meu login ( aqui no meu caso, gnome3 no fedora 23 ). Suspeitando disso comecei a procurar na internet e várias pessoas passando pela mesma irritante situação, muitos diziam pra fazer links pro arquivo da libgnome-keyring.so, outros falavam pra instalar a libgnome-keyring-devel, mas no fim o que resolveu meu problema foi bem mais simples, exportei uma variável de ambiente no meu .bashrc assim:

export GNOME_KEYRING_=foobar

Aparentemente há algum bug na versão atual do netbeans (8.0.2 ) e ele não detecta que estou utilizando o gnome se esta variável não estiver definida. Feito isto o netbeans voltou a funcionar normalmente.

 

NOTA: o foobar ai na variável pode ser qualquer coisa… 🙂